domingo, janeiro 22, 2006

Entrevista a D. José Policarpo


"A.E. - A propósito da clonagem, qual é o seu ponto de vista sobre o actual progresso da ciência?

J.P. - Eu diria, acho que médicos e políticos já o disseram, "parem enquanto é tempo". A ciência não tem direitos absolutos para fazer, ao nível da investigação, tudo aquilo que o dinamismo da investigação lhe permite. O Ser Humano é uma coisa sagrada. Por isso, o meu grito é este: "parem enquanto é tempo". "

Retirado de: http://www.agencia.ecclesia.pt/semanal/agencia/12marco97/coment.htm

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home